Fumaça contaminada por incêndio florestal em Chernobyl se aproxima de Kiev
Contador Geiger mostra que nível de radiação chegou a ser dez vezes maior que o normal em alguns lugares (Foto: Yaroslav EMELIANENKO/AFP)

Fumaça contaminada por incêndio florestal em Chernobyl se aproxima de Kiev

  • Post Author:
  • Post Category:Notícias

Ventos estão levando resíduos da fumaça à capital da Ucrânia, onde vivem quase 3 milhões de pessoas

Um incêndio florestal atinge a região da usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, desde o último sábado, 4. O local foi palco do pior acidente nuclear da História, em 1986. Por causa do vento, os resíduos da fumaça estão chegando à capital, Kiev, cidade com quase 3 milhões de habitantes. As informações são do Portal UOL e do Estado de Minas.

No dia seguinte ao início do incêndio, o país anunciou um aumento da radioatividade na zona de exclusão que rodeia a central de Chernobyl. As chamas se propagaram por mais de 100 hectares no setor florestal situado em torno da central nuclear, a cerca de 100 quilômetros de Kiev.

“Há radioatividade superior à normal no coração do incêndio”, indicou Egor Firsov, que lidera o serviço de inspeção ambiental, por meio do Facebook. Ele anexou à mensagem um vídeo que mostra um contador Geiger exibindo um nível de radioatividade 16 vezes mais alto do que o normal.

Em nota divulgada em um primeiro momento, os serviços de emergência garantiam que as chamas estavam sob controle e que não havia sido detectado nenhum aumento da radioatividade no ar. Depois, afirmaram que havia “problemas” para extinguir o fogo, devido ao aumento da radioatividade em alguns pontos.

Agora, a situação parece ter chegado a um patamar mais grave. Porém, autoridades afirmaram que as localidades próximas não corriam perigo. Dois aviões, um helicóptero e cerca de 100 bombeiros estavam mobilizados para extinguir o incêndio.

Pessoa suspeita do incêndio foi identificada
O chefe da Inspeção Estatal de Regulamento Nuclear da Ucrânia, Grigory Plachkov, afirmou que a concentração de substâncias nocivas no ar não excederá os valores admissíveis. Uma pessoa suspeita de envolvimento no incêndio criminoso no território da empresa florestal Kotov foi identificada. Um processo penal foi aberto para investigar o caso.

Além disso, a polícia local evacuou os cidadãos que vivem na vila ucraniana de Polesskoye, na zona de Chernobyl. “De acordo com os cálculos das previsões para 10 de abril, as trajetórias das massas de ar potencialmente contaminadas passarão pelos distritos de Ivankovsky, Borodyansky e Vyshgorodsky da região de Kiev e Kiev”, escreveu Plachkov na sua página no Facebook.

Segundo Plachkov, as concentrações previstas de césio-137 (isótopo radioativo) na camada de ar da superfície em Kiev podem atingir concentrações que não representam uma ameaça à vida e à saúde da população e são mais de 100 vezes inferiores do que o nível permitido.

O acidente nuclear em Chernobyl
O reator número 4 da central de Chernobyl explodiu em 26 de abril de 1986, contaminando, segundo diferentes estimativas, até 75% da Europa. Por causa da catástrofe, as autoridades evacuaram milhares de pessoas e estabeleceram uma zona de exclusão no território contaminado.

Uma ampla área de mais de 2 mil quilômetros quadrados foi abandonada. Outros três reatores da planta continuaram funcionando após o desastre. O último parou em 2000, o que marcou o fim de toda atividade industrial em Chernobyl.

Fonte: https://www.opovo.com.br/

Distribuidora de Equipamentos de Combate a Incêndio em Fortaleza, é a LRX Distribuidora, a melhor do Norte e Nordeste clique aqui e veja nossas promoções, nossos preços e a qualidade de nossos produtos.