You are currently viewing Incêndio atinge prédio abandonado de 17 andares próximo à Via Expressa
Chamas foram apagadas pelos bombeiros após 40 minutos de combate ao incêndio Camila Lima

Incêndio atinge prédio abandonado de 17 andares próximo à Via Expressa

Um incêndio atingiu um edifício abandonado de 17 andares na Av. Engenheiro Alberto Sá, no bairro Papicu, na manhã desta sábado (20). Moradores da região se assustaram ao ver a fumaça, que chegou a cobrir todo o prédio, mesmo com a chuva que ocorre desde cedo na Capital.

O Corpo de Bombeiros foi acionado ao local e controlou as chamas após 40 minutos. Contudo, com a obra de construção de um túnel no cruzamento com a Via Expressa, a viatura teve dificuldades para acessar o local, o que atrasou o trabalho para debelar as chamas.

Segundo os bombeiros, o fogo ficou concentrado no subsolo da construção. Lá havia muito lixo acumulado e o responsável pela vigilância do local, identificado apenas como Francisco, quis queimar o material, mas perdeu o controle das chamas.

Temor de desabamento

Uma moradora de um condomínio em frente ao prédio incendiado, que não quis se identificar, revela que as pessoas que vivem no entorno temem o desabamento da construção, que foi abandonada há anos, antes de sua conclusão.

Segundo ela, o medo de que o edifício caia aumentou depois das obras que ocorrem no cruzamento com a Via Expressa, a pouco metros do prédio.

O tenente Ernandes de Brito, que comandou os trabalhos dos bombeiros, o risco do incêndio comprometer a estrutura era real, mas a situação foi controlada. “As paredes estavam superaquecidadas, o teto superaquecido, saindo fumaça”, explicou. “A estrutura tem ferros do lado de fora. Nosso medo era de que o superaquecimento rompesse [a estrutura] por causa dos ferro do lado de fora. Nossa preocupação era resfriar e debelar o fogo”, disse.

Segundo ele, a situação foi controlada. “A estrutura está tal qual estava [antes do fogo]”, resumiu.

Incêndio atinge prédio abandonado de 17 andares
Moradores da região temem que o prédio possa desabar VC Repórter

Questionada sobre a situação do edifício, abandonado há mais de 20 anos segundo os moradores, a Prefeitura de Fortaleza ainda não respondeu aos questionamentos.

Fonte:
https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/

Equipamentos de Combate a Incêndio é na LRX Distribuidora, clique aqui e confira.

Deixe um comentário